CHÃO DE FÁBRICA

A convite da Ladrilhart fui a Criciuma, Santa Catarina, conhecer a fábrica da Cerâmica Portinari. Convite irrecusável para mim, que adoro saber como as coisas são feitas. Viajamos em um pequeno grupo de Arquitetos e Designers e a visita à fábrica foi muito bacana. Aprendi sobre todo o processo de fabricação das cerâmicas, desde a chegada da matéria prima até a saída do produto pronto e embalado. Acompanhamos também o processo de pesquisa, busca de referências, tendências e inspirações que o grupo de designers da empresa faz todo o ano para criar as novas coleções.

Todo os processos são muito inspiradores. Mas o que mais me chamou a atenção e fez a diferença com relação a outras tantas visitas que já fiz a fábricas foi conhecer um funcionário doce, de gravata, crachá e quatro patas. O cachorro (e funcionário!) Mark foi resgatado, adotado, adestrado e contratado para trabalhar na empresa. Ele circula livremente por todo o espaço com muita propriedade, mas é no setor de criação que está seu posto oficial. Ele mora na empresa durante a semana e nos finais de semana vai para a casa de cada funcionário respeitando um rodízio entre aqueles que querem participar. Uma tabela determina quem deve alimentá-lo e levar para o banho e é super respeitada. Mark tem uma casinha dentro da criação, com uma passagem para o pátio da empresa, onde ele pode sair para curtir um ar livre quando quiser. Impossível não se apaixonar pelo Mark, pela iniciativa e pelo clima leve e alegre que a presença de um animal proporciona. Adorei a visita, mas devo confessar que brincar de bolinha com o Mark pela fábrica não teve preço.

Aline Fuhrmeister

Aline Fuhrmeister

Aline é formada em Arquitetura e Urbanismo em 2000 na UFRGS, pós graduada em Gestão de Projeto pela ESPM, membro Alumni da ESPM e mentora no Programa de Mentoring da ESPM Sul.
Aline Fuhrmeister

Últimos posts por Aline Fuhrmeister (exibir todos)

cópia de 6

ZYRARDÓW

idiota2

A NOBRE ARTE DO PALHAÇO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *